Páginas

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

BC- AMOR AOS PEDAÇOS - RESSONÂNCIAS




              A Blogagem Coletiva Amor aos Pedaços teve as cinco fases, o Encantamento, o Desencanto, a Esperança, os Questionamentos para no final chegarmos a tão desejada Reintegração que vivenciamos na nossa busca por nós mesmos diante das facetas da vida.
              De tudo que vivenciamos ao atingirmos à maturidade emocional temos uma certeza, foram as mais variadas emoções e os mais conflitantes sentimentos. Houve Encantamento, muitos Desencantos, fomos do auge da alegria a dor e o desespero. Quando parecia ter chegado ao fundo do poço, nos surgiu uma luz, a Esperança, renascemos embasados em muitos Questionamentos que nos imprimiram de pouco a pouco a tão esperada maturidade. Despimo-nos de sentimentos pequenos, daquela inquietude anterior e deixamos um amor sereno, paciente, recíproco invadir nosso ser e nos tornar completos. Neste momento acontece a Reintegração.
 
              Agora passadas todas as fases fomos convidadas pelas anfitriãs Rosélia, Rute e Luma Rosa a ultrapassar o limite das nossas considerações sobre cada tema para associá-lo a alguma outra forma de vivência, nossas Ressonâncias. Escolhi a poesia que tão bem descreve nosso sentir.

ENCANTAMENTO (Teixeira de Pascoaes, poeta português in 'Elegias')

Quantas vezes, ficava a olhar, a olhar
A tua dôce e angelica Figura,
Esquecido, embebido num luar,
Num enlêvo perfeito e graça pura!

E á força de sorrir, de me encantar,
Deante de ti, mimosa Creatura,
Suavemente sentia-me apagar...
E eu era sombra apenas e ternura. (...)

DESENCANTO (Manoel Bandeira)

Eu faço versos como quem chora
 De desalento… de desencanto…
 Fecha o meu livro, se por agora
 Não tens motivo nenhum de pranto.

Meu verso é sangue. Volúpia ardente…
 Tristeza esparsa… remorso vão…
 Dói-me nas veias. Amargo e quente,
 Cai, gota a gota, do coração. (...)

ESPERANÇA (Mário Quintana)

Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...

QUESTIONAMENTOS (Clarice Lispector)

O que eu sinto eu não ajo.
O que ajo não penso.
 O que penso não sinto.
 Do que sei sou ignorante.
 Do que sinto não ignoro.
 Não me entendo
 E ajo como se me entendesse.

Amor maduro (Artur da Távola) - REINTEGRAÇÃO

O amor maduro não é menor em intensidade.
Ele é apenas quase silencioso.
Não é menor em extensão.
É mais definido, colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações:
presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas:
amplia-se com as ausências significantes.
(...)
O amor maduro é a valorização do melhor do outro
e a relação com a parte salva de cada pessoa.
Ele vive do que não morreu mesmo tendo ficado para depois.
Vive do que fermentou criando dimensões novas
para sentimentos antigos, jardins abandonados cheios de sementes.
Ele não pede, tem. Não reivindica, consegue.
Não persegue, recebe. Não exige, dá. Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz. Só teme o que cansa, machuca ou desgasta.
(...)
É o sol de outono: nítido, mas doce.
Luminoso, sem ofuscar.
Suave mas definido.
Discreto mas certo.
Um sol, que aquece até queimar.


                Foi um prazer participar desta blogagem. Agradeço a todos, as nossas amigas Rosélia, Rute e Luma e a todas as pessoas que compartilharam tanto participando, como nos prestigiando com suas visitas e comentários. Um ótimo final de semana para todos!

29 comentários:

  1. Inebriada com tanta poesia linda val..Dessa vez fico com Clarice eterna e perfeita
    mil beijos

    ResponderExcluir
  2. Valéria, aqui retribuindo sua gentil visita ao Meu blogue Memórias de Vidas Passadas!!!
    E me encantando co a seleção de poesias que vc postou.
    Clara, Luma e Rosélia já fazem parte do meu excelente grupo de amigos, com seus blogues maravilhoso.
    Agradeço a Clarinha do Simples e Clara por me trazer ao seu "Do Que Eu Gosto".
    Afirmo de coração... gostei muito daqui,melhor, AMEI!!! Espero sermos amigas para sempre!!!
    Beijos no seu coração!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Valéria!

    Agradecendo sempre pela força que dás para o nosso ofício!
    Bela participação através da poesia de grandes talentos, amei!

    Tenha uma sexta-feira maravilhosa!

    Bjoooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Oii Valéria, nossa essa blogagem foi muito bem elaborada desde o inicio, parabéns a todos os envolvidos, e a vc pela ótima participação, amei os trechos de Mario Quintana, e Artur da Távola, sou muito fã de ambos! Parabéns! Bjoooooosss

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa ressonância poética!!Brilhante tua escolha!!Adorei!!beijos,tudo de bom,chica e um lindo fds!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,Valéria!!

    Uau!!Belas escolhas de poesias!!!!Linda participação!!!
    Mas para o dia de hoje,em especial, fico com os versos delicados do:Encantamento.
    Beijos,minha amiga!!!!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida amiga Valéria
    Me sinto muito feliz que vc tenha gostado tanto e apreciado cada Fase...
    Vc optou por ressoar dando um tom poético e me encantou...
    Sabe como gosto de encaixar poesias doces em meus posts...
    Obrigada por ir até o fim conosco superando desafios...
    Ultimamente tenho andado com um riso mais doce, sem ofuscar... suave mas DEFINIDO...
    Desejo o mesmo pra VC, querida...
    Deus te cubra de todas as bênçãos que vc necessite e te faça sentir a felicidade!!!
    Bjs festivos e gratos de paz

    ResponderExcluir
  8. Valéria, fostes criativas deixando essas maravilhas em cada uma das fases. A esperança está demais.
    Bom final de semana
    Xeros

    ResponderExcluir
  9. ola, vi o seu blog no perfil de outra pessoa e decidi visitar para conhecer seu espaço, adorei imenso.. voce não quer vir visitar meu espaço?? http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde!!

    Uma visitinha de saudações.
    Bela postagem.

    Carla fernanda

    ResponderExcluir
  11. Que riqueza seu post e sua participação, minha querida...ameiii especialmente ler poemas tão lindos que você escolheu...
    Bom final de semana, beijinhos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  12. Oi Valéria, desculpe a ausência, ando atolada de trabalho. Belíssima escolha, os poemas são magníficos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Fecho de ouro com tão belas e reresentativas poesias. Foi muito bom passar por todas as etapas e hoje estarmos ressoando-as.
    Parabéns pela sua poética participação.
    Bom final de semana.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Val!!!

    Muito legal a blogagem coletiva e os poemas, algumas poesias deste post eu não conhecia.
    Um alegre fim de semana pra você!!!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  15. Que arraso, Valéria! Adorei sua ligação com poesias! Parabéns! Grande abraço! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Valéria, minha amiga! Que seleção maravilhosa. Saudades de ler essas coisas boas por aqui. Tem faltado tempo, mas logo eu volto. Bjos e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  17. Valéria!!!
    Que enlevo menina. Estou aqui flutuando com o amor maduro, mas adorei todas as poesias. Se encaixam na perfeição nas fases da BCAP. Você fechou com chave de ouro. Vestiu-se a rigor para a festa de despedida hein!
    Ainda bem que vim com tempo ler sua participação pois se tivesse passado cá ontem no corre-corre do dia de trabalho, não absorveria nem metade da fantástica luz que compartilhaste com a gente.

    E esta frase aqui está magnifica:

    «Despimo-nos de sentimentos pequenos, daquela inquietude anterior e deixamos um amor sereno, paciente, recíproco invadir nosso ser e nos tornar completos.»

    Sentimentos pequenos são coisa de imaturidade mesmo.
    Quando a gente acha que o mundo é nosso umbigo, não crescemos. Mais importante que o individual, é o coletivo.
    Agradecimentos em formato de beijinho.
    Rute

    ResponderExcluir
  18. Valeria,como ficou linda a sua escolha dessas poesias para cada fase!Parabéns pela excelente participação!bjs,

    ResponderExcluir
  19. Você foi primorosa na escolha dos versos. Já li e reli. Sua participação merece aplausos. Linda, realmente, sua postagem. Bjs.

    ResponderExcluir
  20. Valéria, lembra que a cada fase proposta surgiam dúvidas e até dificuldades para postar? A compreensão veio depois de passadas todas as fases e não seria diferente com as ressonâncias.
    Os obstáculos a vida nos impõe, mas temos que passar por eles, pois se assim não fazemos, os obstáculos crescem tanto que chegam a nos sentirmos incapazes.
    Brilhante as suas ressonâncias! Como a Rute, também me encantei com o texto de Artur da Távola, por ser novidade para mim, mas não menos com os outros autores que gosto muito. Reuniu um time de primeira!!
    Quero agradecer em nome de minhas parceiras, a sua presença na blogagem que a deixou mais rica com a sua doçura!

    ResponderExcluir
  21. Ola vim passar no seu maravilhoso blog , fazer a minha visita diária para saber novidades, e convidar voce a ler o meu novo poema que escrevi ainda agora http://assombrado-mc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Ficou maravilhoso este painel que vc tão bem traçou em prosa e versos de profundas emoções a cada fase da BC.
    Parabéns Valéria por tão rica participação.Escolho Quintana, em sua Esperança Alada.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  23. Minha amiga, você é mestra das palavras, e suas escolhas são sempre muito oportunas...muito bem merecidos os poemas que ilustram tão bem cada fase proposta...
    Tenho uma predileção por Quintana, talvez por que seja mais tangível pra mim o seu modo de escrever... coisa mais linda essa menina de olhos verdes...tomara que ela possa sempre estar ao nosso lado!

    Grande abraço, estou feliz em estar de volta!

    ResponderExcluir
  24. Estou fazendo um trabalho de divulgação do meu mais novo blog, portanto hoje estarei te visitando e conhecendo teu espaço. Peço desculpas pelo comentário pronto, não é do meu feitio, faço apenas para facilitar a divulgação. Depois que você conhecer o meu espaço, voltarei para te ler com atenção e fazer comentários individualizados.
    O link do blog é: http://amorinicioefim.blogspot.com.br/ te aguardo lá, obrigada pela atenção, um abraço.

    ResponderExcluir
  25. Muito bom ler logo de manhã esta coletiva de poesias.
    Valéria. Uma linda semana para você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Que linda participação a sua Valéria! escolheu as poesias maravilhosamente. Foi bom demais participar dessa blogagem não? te convido a ler minha participação.

    http://sonhosmelodias.blogspot.com.br/2012/09/blogagem-coletiva-6-fase-ressonancias.html

    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Olá de novo Valéria,
    se você tiver tempo e vontade, espreite esta participação que chegou no finalzinho: Filmografia Ressonante Julia Roberts.
    Vale a pena, espreitar ;)
    Beijinhos.
    Rute

    ResponderExcluir
  28. Blog lindo. Que poesias lindas.Adorei suas Ressonâncias
    Bjo

    ResponderExcluir

Gostei de sua visita, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...